Leandro Karnal – “Ser louco é a única possibilidade de ser sadio nesse mundo doente”